mxrrocker
Veruca Salt

Home

Alice in Chains | Black Sabbath | Cannibal Corpse | Coal Chamber | Dark Tranquillity | Green Day | Green River | Kyuss | Krisiun | L7 | Melvins | Metallica | Mother Love Bone | Mudhoney | Nirvana | Pearl Jam | Ramones | Screaming Trees | Slayer | Soundgarden | Temple Of The Dog | The Doors | Veruca Salt | Cifras e Tablaturas | Citaçoes | Bloody Ice Cream | Coffee and Tv | Coluna da *ALICE JUNKHEAD | Coluna Torta | TIENDA DEL CHAVO | Letras Traduzidas | Lost in the Dark

aic_acustico.jpg

Veruca Salt:
Formado em 1992
em Chicago, Illinois


Formação atual:
Louise Post: vocal, guitarra
Jimmy Madla: bateria
Stephen Fitzpatrick: guitarra
Suzanne Sokol: baixo, vocal

Biografia:

O Veruca Salt surgiu em 1992 liderado por Louise Post e Nina Gordon, as duas principais compositoras da banda, completaram a formação original o baixista Steve Lack e o baterista Jim Shapiro. O som da banda segue uma linha bastante similar ao Pixies e principalmente ao Breeders, misturado a melodias bastante acessíveis e de inegável apelo pop. Depois de muitos ensaios e alguns shows, a banda assina com a gravadora independente Minty Fresh, de Chicago e grava sua primeira demo, que imediatamente começa a ganhar destaque na cena local. Ao longo de 1993 a banda excursiona em turnê e prepara as gravações de seu primeiro disco, "American Thigs", lançado em janeiro de 1994. O disco se torna um dos favoritos da crítica e é uma sensação no underground. Após alguns shows como banda de abertura da turnê do Hole, o Veruca Salt desperta a atenção de várias grandes gravadoras e acaba assinando com a Geffen, que relança "American Thighs". No verão de 1994, o single de "Seether" se torna um grande hit nos EUA e a banda recebe disco de ouro por 500 mil cópias vendidas. Era o início de uma carreira bastante promissora. No entanto, a banda passou a ser alvo de críticas que os acusavam de oportunistas por usarem a cena independente da época como caminho mais fácil para o sucesso comercial.

Talvez como uma resposta aos críticos, surge em 1996 o EP "Blow it out your ass, it's Veruca Salt", produzido pelo conhecido Steve Albini. O disco continha 4 faixas barulhentas e distorcidas, lançado somente pelo selo independente Minty Fresh. Em seguida, a banda passou a trabalhar no seu segundo álbum "de verdade", e o resultado é o polido "Eight Arms to Hold You", de 1997. Recheado de belas melodias e poderosas guitarras, o disco era mais direcionado a um hard rock mais tradicional, talvez como efeito da produção de Bob Rock, que havia trabalhado anteriormente em discos de bandas como Motley Crue, Metallica e Guns n'Roses. Logo em seguida, o baterista Jim Shapiro é substituído por Stace Jones. "Eight Arms to hold you" novamente alcança o status de disco de ouro, embora não tenha obtido nenhum grande hit. Na verdade, o desempenho do álbum nas paradas decepcionou às perspectivas da gravadora e talvez até da própria banda, pois logo surgiram boatos de que o Veruca Salt estaria acabando. Os motivos seriam desentendimentos entre as líderes Louise Post e Nina Gordon, que estariam estudando entrar em carreira-solo.

No início de 1998 os boatos se confirmam e Nina Gordon anuncia sua saída do Veruca Salt. Seus projetos após sua saída da banda incluíam uma participação no álbum de James Iha (guitarrista do Smashing Pumpkins) e a composição de músicas para um álbum solo, que acabou sendo lançado em 2000.

Por vários meses o futuro do Veruca Salt esteve incerto, já que havia perdido uma de suas líderes-vocalistas-guitarristas. Mas em 1999, Louise Post anuncia que a banda iria. Ela remonta a banda, rompe com a gravadora Geffen (que na época estava sendo engolida pela megafusão que criou a Universal) e lança o disco Resolver em 2000, pelo selo independente Beyond. O disco não teve o mesmo destaque dos lançamentos anteriores mas o Veruca Salt segue seu caminho.

Em 2001, Louise Post embarcou no projeto paralelo de Courtney Love na banda Bastard. Elas ensaiam algumas músicas, mas depois de alguns meses, Louise anuncia que está fora do projeto e parte para Los Angeles para compor material para o próximo álbum do Veruca Salt.

aic_acustico.jpg

Discografia:

American Thighs - 1994 (Geffen)
Eight Arms To Hold You - 1997 (Geffen)
Resolver - 2000 (Beyond)

EP's:Blow It Out Your Ass, It's Veruca Salt [EP] - 1996 (Minty Fresh)

http://www.verucasalt.com/

aic_acustico.jpg